Mercês Souza

Arquitetura, decoração e muita arte
 
"Essa Edição Ouro da 'Mostra Aracaju', com certeza, vai ser mais um divisor de águas no setor da arquitetura, design e paisagismo"
 

Mercês Souza.jpg

Foto: Ivve Rodrigues


 
"Chegamos ao que se pensava inatingível!" Com esta frase a arquiteta Mercês Souza define o esforço que resulta no esmerado trabalho que vem sendo alcançado a cada evento realizado. E não por acaso, está prestes a imprimir oficialmente, no próximo dia 15 de agosto, o 'Selo Ouro' referente à 10ª Edição da icônica "Mostra Aracaju", esta marca que ela inventou e reinventou inúmeras vezes, expondo tendências, novidades, gerando notícias e muitos gossips, através de tantos ambientes, que brotaram na fonte da criação de inúmeros profissionais, que com as suas ideias brilhantes e primorosas diante das pranchetas, deram vida a ambientes que desfilaram pela praticidade, comodidade, conforto, luxo e por que não dizer, também pela ousadia, deixando a nítida transparência de que o belo é o que encanta.
"É claro que não inventamos a roda, mas a "Mostra Aracaju" é nossa", revela Mercês. Ela tem patente sergipana e a essência regional do estilo de viver do nosso povo. Se você é amante da boa decoração, vai perceber viajando pelo mundo que todas as tendências relacionadas com a arquitetura, a decoração e o paisagismo são muito bem representadas e orquestradas no evento, graças ao olhar clínico e sensível dos profissionais sergipanos das áreas de arquitetura, design de interiores e paisagismo. Não há o que se desprezar e negar, que possuímos um celeiro de talentos que, fora das fronteiras, busca inspiração e que regionaliza considerando a necessidade do sergipano de viver e morar bem.
"Olhar para trás e falar como coordenadora há 17 anos do evento, é reviver cada uma das edições. Já fomos de norte a sul da capital, montamos um mundo em um terreno, em casas antigas, em prédios tombados pelo patrimônio, em cenário industrial e também de veraneio, e até em um pavimento de estacionamento. E, em todas elas, tivemos o choro e o riso. E tudo superado pelo profissionalismo, pela paixão e por acreditar que existe um mercado sedento de coisas boas. E quando a gente acredita nisso, tudo torna-se possível", diz Mercês.
E para fechar esse ciclo com selo e chave de ouro, foi escolhido o tema "Viver com Arte", que com o auxílio luxuoso do curador de arte, Mário Britto, homenageado do evento, os 29 ambientes vão respirar arte com obras de 80 artistas, distribuídas em todos os ambientes da casa, através da assintura de 34 profissionais.
Para mostrar que "Viver com Arte" é viver melhor, o evento está retornando para o mesmo endereço, a mesma rua onde foi dado o pontapé inicial de realização da histórica e memorável primeira edição, fincada na Rua Vila Cristina, no Centro de Aracaju. Desta vez, no imóvel que abriga a 'Sociedade Semear', com espaços criados por 34 profissionais que irão mostrar como integrar ambientes residenciais, espaços comerciais e corporativos lincados à Casa do Curador em uma só construção.
Mais uma vez, a "Mostra Aracaju" vai movimentar durante os dois meses de permanência, o mercado de arquitetura, decoração e paisagismo, lançando tendências, fazendo acontecer e provando que "Viver com Arte" merece o 'Selo Ouro'.
"Essa Mostra vem para coroar com a temática de maior expressão. O sergipano já sabe viver com design, ter bons revestimentos, um bom projeto de iluminação, conforto, versatilidade. Ele já entendeu que isso faz parte do cotidiano e o que ele precisa é desacelerar e fazer isso apreciando a cultura, que vem estampada e traduzida em uma obra de arte", finaliza a mãe do evento.
A menos de um mês da sua inauguração, Mercês Souza concedeu entrevista exclusiva ao BACANUDO.COM, respondendo sobre quase tudo. E isso é incrível!
 
BACANUDO Mercês, podemos dizer que já começou a contagem regressiva para a Edição Ouro da Mostra Aracaju?
MERCÊS SOUZA - E como ! Estamos na reta final das obras, já nos detalhes, colocação de vidros, espelhos, iluminação para começar a parte dos móveis, decoração. Até o paisagismo já começou. Essa edição é uma edição especial porque recebe o selo Ouro e marca dez edições desse evento que é o maior em arquitetura, design e paisagismo de Sergipe. Começaremos nossa programação oficial no dia 14, quando vamos apresentar o espaço para a imprensa que sempre foi uma grande parceira da 'Mostra Aracaju' e a partir do dia 16 de agosto, o espaço estará aberto ao público, sempre das terças aos domingos, inclusive feriados, das 16 às 22horas, lá na Sociedade Semear, na rua Vila Cristina, 148, no Centro de Aracaju. Esperamos todos para conferir o que há de novidade, de tendência no mundo no setor. Está tudo lindo, digno de profissionais que integram o time Ouro.
 
BACANUDO - Dez edições escrevem uma longa história, não é mesmo?
MS - Com certeza, Márcio. Você nos acompanha e sabe disso. Olhar para trás é reviver cada uma dessas edições. É sentir a sensação de dever cumprido desde 2000, quando aconteceu a primeira edição, com seus 31 ambientes na mesma rua onde vamos realizar a Edição Ouro este ano. E a cada ano, sempre um novo desafio e, ao final, sempre aquela sensação de que tudo é possível. E é possível mesmo. Tivemos a edição ali no Santo Antônio que marcou essa história, depois fomos para o casarão na Rua Estância e, em seguida (2004), aconteceu onde hoje funciona o Cultart. Lembro que foi uma grande superação porque tivemos que montar um evento com novidades sem alterar a estrutura do imóvel, preservando o patrimônio. Em 2006, tivemos aquela edição fantástica no Bairro Industrial, depois fomos para a zona sul de Aracaju, no casarão de Augusto Franco. Em seguida, veio a edição em outra casa, que foi um projeto de Delmo Aragão.  Em 2012 tivemos aquela Mostra inovadora, a dos contêiners, e em 2014, com o tema "ideias que transformam", montamos 32 ambientes num pavimento de estacionamento do JFC Trade Center.  Então, temos sim muita história pra contar e sempre com muitos desafios a serem vencidos!
 
BACANUDO - Nos fale um pouco sobre o tema desta edição, 'Viver com Arte'.
MS - O tema 'Viver com Arte' tem tudo a ver com a Edição Ouro e com o espaço em que a 'Mostra Aracaju' vai ser realizada este ano que é a Sociedade Semear. Para mostrar que "Viver com Arte" é viver melhor, os 29 espaços, criados por 34 profissionais, estarão levando assinaturas de cerca de 80 artistas plásticos. As obras estarão integradas aos ambientes e trazem a curadoria de Mário Britto, que é o homenageado desta edição. Então, o tema vem coroar, traduzindo a Edição Ouro da 'Mostra Aracaju' em uma grande obra de arte.
 
BACANUDO - Sem sombra de dúvidas, para uma 'edição ouro', também foi selecionado um time de ouro...
MS - Márcio, nós somos um berço de grandes talentos na área de arquitetura, design e paisagismo. Nós temos em Sergipe ideias que deixam a Mostra Aracaju no mesmo patamar dos eventos que acontecem em vários lugares do mundo. E este ano, mais uma vez, os profissionais se superaram. Sabemos que é um ano de crise, mas eles não deixaram de acreditar e todos unidos, arquitetos, designers, patrocinadores, apoiadores, colaboradores, estão transformando essa edição em realidade. Sabemos que não é fácil, é muita dedicação, mas o resultado vem aí, com esse evento maravilhoso que movimenta todos os segmentos durante e depois da realização da Mostra, porque as pessoas visitam e se identificam com profissionais e com mobiliário, com a arte, com os revestimentos, com as novas tendências e isso faz girar o mercado. 
 
BACANUDO - E quanto à publicação oficial, esse ano o que era uma revista vai se transformar em um livro? Conte-nos.
MS - O livro é uma outra conquista. Vem estruturado, com detalhes dos ambientes, com os patrocinadores, com os parceiros e, acima de tudo, com muita arte porque nesse livro estarão catalogadas as obras de arte presentes na Mostra. Essa Edição Ouro da Mostra Aracaju, com certeza, vai ser mais um divisor de águas no setor da arquitetura, design e paisagismo. Estamos na contagem regressiva mesmo, reta final e esperamos todos para conferir o que há de novidade nesse universo.