Cá Entre Nós - Eduardo Montezuma

Eduardo Montezuma Cá Entre Nós.jpg

(Foto: Divulgação)


 
Eduardo Montezuma tem formação na área de Tecnologia da Informação, e Gestão de Projetos, mas é na arte que ele se apresenta em constante movimento, seja como produtor cultural e musical, cantor e compositor de vários projetos que marcaram, e ainda marcam, a história desta pequena cidade chamada Aracaju, capital de Sergipe. 
Nascido e criado em solo aracajuano, e breves passagens em solo soteropolitano, desde cedo teve a sua paixão pela música aflorada. Na infância ouvia os discos de sua Tia Dinda e já se mostrava interessado pelo Rock e música clássica, ouvindo desde os artistas da Jovem Guarda, Beatles, Secos & Molhados, até Bethoveen, Bach, Vivaldi e vários outros. 
Na adolescência montou sua primeira banda e ao longo dos anos foi mostrando pra que veio. Sempre estando à frente de vários projetos em Aracaju durante vários anos. 
Foi um dos idealizadores da banda 'Alapada', a quem batizou com esse nome, como também já esteve à frente da icônica banda 'Java', na década passada. Na parte de produção, foi um dos idealizadores do maior festival de música eletrônica que já existiu em Sergipe, o E-MOTRIXX. 
Também foi responsável pelo projeto ATOMIKA, um dos únicos eventos do país onde o line up era composto apenas por deejays mulheres.  Assinou   a produção de várias edições das tendas eletrônicas do Projeto Verão e do Réveillon da Cidade, ambos pilotados pela Prefeitura de Aracaju. 
Depois de um hiato fora da cena musical, por questões particulares, ele volta encabeçando mais novos projetos. 
'Dumontz', é o seu mais novo trabalho autoral, onde todas as músicas, arranjos e produções levam a sua assinatura e você pode conferir essa sonoridade   bastante particular, nas plataformas digitais de streaming da sua preferência. 
'Ocastereo' também é um projeto de um coletivo artístico, idealizado por ele, que será lançado ainda este ano, onde serão misturadas várias linguagens da arte, que se entrelaçarão através da música. Sem falar da sua nova, a 'Clube do Rei', onde traz à tona toda uma nostalgia sonora calcada na fase do ouro de um dos maiores ícones da música popular brasileira, Roberto Carlos. 
É com extrema satisfação que o BACANUDO.COM conversa com o multifacetado artista e divide com os internautas as suas opiniões e preferências do dia-a-dia, sem ranços ou amarras. Montezuma é o cara! 
 
*Meu livro - "1984", George Orwell.
*Meu filme - "Capitão Fantástico", dirigido por Matt Ross.
*Minha música - “Tenho Pressa Pra Sorrir”, da minha banda 'Dumontz'.
*Minha cidade - Aracaju.
*Minha cara - Estar sempre fazendo algum projeto onde envolve música.
*Minha bebida - Água. 
*Minha comida - A de Dona Vera, minha mãe. 
*Minha estação do ano - O verão.
*Meu paraíso - No abraço dos que amo.
*Minha fraqueza - Doces.
*Meu pecado - Amar junkie food.
*Meu vício - Música, música, e música.
*Meu medo - Perder todos aqueles que amo.
*Minha flor - Rosa.
*Meu esporte - Natação.
*Meu lazer - Viajar. 
*Minha etiqueta - Educação, organização e respeito ao próximo.
*Meu cheiro - Do perfume CH MEN, de Carolina Herrera.
*Meu ídolo - Meu Pai.
*Meu sonho - Fazer uma viagem de São Francisco à San Diego (California/EUA) de Moto-Home em pleno verão californiano.
*Minha inspiração - Minha Mãe.
*Meu arrependimento - Não ter dito “EU TE AMO! VOCÊ É MUITO IMPORTANTE PRA MIM!” a quem eu vi pela última vez.
*Meu compositor - 'Roberto Carlos' e 'Erasmo Carlos', no Brasil, e Bob Marley, no mundo.
*Meu restaurante - 'Ágape', em Aracaju (adoro comer lá), e 'Familia Mancini', em São Paulo. 
*Minha paisagem - Ver minha cidade de Aracaju da Atalaia Nova ao pôr do Sol… É lindo demais! 
*Minha indiferença - Para a ignorância.
*Meu exagero - Perfume.
*Minha impaciência - Para racismo, falta de educação, soberba e homofobia.
*Meu lugar no mundo - Itacimirim, na Bahia, e a Jamaica (Ainda hei de desfrutar desse lugar).
*Meu lugar na casa - Meu Home Studio, onde materializo minhas ideias (Hahaha)!