PUBLICIDADE

Banner

No verão: cuidado com a desidratação!

beber-agua.jpg

 
Para muitos, a chegada do verão é motivo de pura felicidade. No entanto, o calor característico dessa estação aumenta muito os riscos de desidratação, principalmente pela elevação da temperatura corporal, fato que provoca sudorese e, portanto, maior perda de líquidos. 
 
Os principais sintomas de desidratação são:
 
* fadiga;
* sede;
* lábios e língua secos;
* falta de energia ou exaustão;
* sensação de superaquecimento;
* pressão arterial baixa;
* câimbras dolorosas nos músculos abdominais, nos braços e nas pernas;
* constipação;
* batimentos cardíacos acelerados.
 
Tratamento
 
Saber como tratar a desidratação é um cuidado de suma importância, principalmente durante o verão. Nesses casos, é preciso realizar uma reposição do nível de fluidos no corpo, o que pode ser feito consumindo água, bebidas isotônicas (como Gatorade) ou mesmo picolés. Não é recomendado optar por bebidas que contêm cafeína, como café e refrigerantes, tampouco chás, que podem ter efeito diurético. Em casos mais graves, os médicos recomendam a aplicação de fluidos intravenosos.
 
Prevenção 
 
Você pode realizar a prevenção da desidratação de uma maneira bem simples: bebendo bastante líquido! Alguns especialistas recomendam beber de seis a oito copos de água por dia, e você pode complementar esse hábito com o consumo de alimentos ou bebidas leves e ricos em água, como leite, água de coco, iogurte, aipo, melancia, morango, pêssego, abacaxi, pepino, kiwi, pimentão, tomate, alface, repolho e espinafre.