Sophia Loren está de volta em 'Rosa e Momo'

Rosa e Momo.jpg

(Foto: Divulgação)


 
Quer uma boa dica de filme para estes dias? O Bacanudo.com assistiu, se emocionou e indica 'Rosa e Momo', um dos últimos lançamentos que aterrissou na multidão de ofertas que estão agora na Netfllix, prometendo um alto índice de audiência pelos apreciadores da sétima arte. 
 
O incentivo para não deixar de ver a película já começa com o retorno da icônica atriz italiana Sophia Loren, aos 86 anos, depois de 11 anos fora do cinema, assumindo o papel principal a convite do filho Edoardo Ponti, que assina a direção do filme.  
 
Baseado no livro 'A Vida Pela Frente' de Romain Gary, a trama acompanha Momo (Ibrahima Gueye), um adolescente órfão senegalês, que leva a vida fazendo pequenos furtos e traficando drogas. Em uma dessas situações, ele conhece Rosa (Sophia Loren), uma ex-prostituta que cuida dos filhos de suas ex-colegas de profissão. Convencida pelo Dr. Coen (Renato Carpentieri), Rosa o acolhe em seu apartamento.
 
A partir disso, o roteiro se desenrola como um melodrama que visa a identificação, aceitação e transformação de seus protagonistas.
 
Como um todo, 'Rosa e Momo' destaca-se pelo visual e direção bem orquestrada, mas principalmente pelas interpretações. Faz bem aos olhos contemplar Loren em cena e poder vislumbrar a delicadeza e a veemência como encarna seus personagens e que fica nítido em cada marca do tempo presente em seu rosto. Mas o mérito também se estende ao jovem Gueye e a Ponti, que consegue sensibilizar seu público, especialmente quando os créditos sobem e a voz de Laura Pausini irrompe de forma emocionante. Acredito ter sido essa a aposta da Netflix para o Oscar!